EMEF República Argentina

        Compositor e músico, nas horas vagas

                           

          Claudio Rapetti é natural de São Borja,nascido em 25 de agosto de 1970, trabalha em uma gráfica local como digitador, sua mulher Patrícia e os filhos Lucas e Enzo são, segundo ele seus maiores motivadores.

          Sua paixão pela arte da música teve início em meados dos anos 80 e assim como a maioria dos adolescentes,a preferência musical era rock.Fez parte da banda “METALMORFOSE”,apresentando-se em eventos na cidade e também festas particulares, o grupo não durou muito,mas o gosto pela música ficou selado.

          Claudio é autodidata como músico,seu interesse por instrumentos de percussão se deu por acompanhar sua mãe e irmã nos ensaios de escolas de samba e com apenas doze anos fez parte da única escola de samba mirim,promovida pela administração municipal da época. Seu pai, Claerte Santos Rodrigues, funcionário público municipal e colegas tinham por  hábito organizar festas para festejar o aniversário do mês. As jantas eram regadas a “sambas,suar e cervejas”, e em uma delas o ainda menino que tocava tamborim chamou a atenção por sua habilidade com o instrumento,Claerte fora intimado pelo colegas “Chico do Pandeiro” a dar um cubana (uma espécie de tambor) ao menino.

          Definido o instrumento que o acompanharia por muitos anos na música, Claudio fez parte de vários grupos, que participaram até hoje de festivais locais.Se orgulha por ter sido parceiro de músicos e interpretes como seu Vadico,Peixinho,Sergio Souza,Jorge Dornelles,Cezar Lindemeyer, de defender  no palco música de compositores consagrados como Nívea Mendes, Pedro Acácio da Rosa, Otorino Côvolo. Por varias vezes ainda como músico foi campeão nos festivais de música para carnaval.

          Fazendo parte de grupo exclusivo para o carnaval,animou como baterista, as festas dos clubes Continente, Fraternidade, Recreativo e Comercial, mas o que não sai de sua memória é uma apresentação em um passado recente onde fazendo parte da banda Trio Methano em três noites de folia tocou para mais de 30.000 pessoas no cais do porto.

          Como você deve ter notado ainda não falamos do Claudio compositor,pois é , em 2004 tomou coragem e apresentou para o grupo Unidos do Luar o samba “Esperança”,que escreveu no ano anterior, o grupo foi campeão,mas seu samba ficou em 3°lugar. Nada mal para um iniciante, Claudio pegou gosto pela escrita, e nos anos seguintes obteve pleno êxito em suas composições, acompanhe:

          Em 2005, 1°lugar- com o samba “Quero Jogar”, interpretado por Milena Belladona;

          Em 2006, 1° lugar –com o samba “Louca”, que Milena defendeu e foi escolhida a melhor interprete e o grupo Unidos do Luar o melhor grupo;

          Em 2007,1° lugar e melhor melodia- com o samba “Só no Meu Velório” .

          Hoje em dia tem mais de cinquenta composições escritas e musicadas, tem também um projeto paralelo,onde escreve tragicomédias para um personagem cômico,mas isto já é outra história.


video

Trabalho dos alunos:








A culminância do Projeto foi " Um cafezinho com o Autor"


























Um comentário:

  1. Parabéns à escola!!! Excelente trabalho realizado. A escolha do poeta faz parte do sucesso do trabalho. Parabéns ao Cláudio Rapetti.

    ResponderExcluir